Turismo/grupos

 

camera-botao-web

fotos

Acolhimento de grupos/visitantes

EXPRESS VISITS

 

Ao longo dos anos, além de hospedar pessoas provenientes de todo país e do exterior, o Mosteiro da Ressurreição tornou-se um lugar de acolhimento de grupos de peregrinos e de visitantes, que hoje chamamos de “turismo religioso”. Um seguimento que vem crescendo e deve ser explorado.

As expressões da vida monástica, praticada a partir da regra beneditina -ora et labora- tornam o Mosteiro um patrimônio cultural e histórico. O canto, as obras de arte, o artesanato, as velas e o estilo de vida do monge converteram-se em atrativos que diferenciam dos demais.

Quando falamos em receber turistas em um espaço religioso, vale outrossim lembrar que “a primeira impressão é a que fica”. A aparência física do mosteiro é importante; porém, o acolhimento fraternal prestado aos visitantes completa a boa hospitalidade.

No tocante ao aspecto espiritualidade, gostaria de transcrever o olhar de um visitante, padre Timothy Radcliffe (De: Boletim da A.I.M. 2000 No.70, TRADIÇÃO MONÁSTICA HOJE. O TRONO DE DEUS Padre Timothy Radcliffe, o.p.): “Ao longo da peregrinação de minha vida, visitei mais de uma centena de abadias. Em qualquer um desses lugares, pude encontrar muitas pessoas que também visitavam os mosteiros. Por que o fazem? Não resta dúvida de que alguns são apenas turistas que vieram passar uma tarde esperando, talvez, avistar algum monge. Outros sentem-se atraídos pela beleza das edificações ou da liturgia. Muitos, por outro lado, vêm esperando algum tipo de encontro com Deus, esperando poder vislumbrar o mistério. …existe uma certa confiança de que, nos mosteiros se pode vislumbrar o mistério de Deus e descobrir algum vestígio da transcendência. Os mosteiros revelam a presença de Deus, não pelo que vocês podem fazer ou dizer, mas sim porque a vida monástica tem como centro um espaço, um vácuo, no qual Deus pode se manifestar. A glória de Deus sempre se manifesta num espaço vazio. … o que dá sentido a este vazio é a celebração da liturgia. A recitação do Ofício Divino várias vezes por dia é o que mostra que este espaço está ocupado pela glória de Deus. ”

Esses grupos deverão agendar previamente, conforme a agenda estabelecida pelo mosteiro. A entrada é gratuita. Pedimos, todavia, uma “contribuição/doação em benefício da manutenção de nosso mosteiro. Tal possível “contribuição” é estabelecida pelo irmão responsável, sendo essa facultativa.

 

Para maiores informações e agendamento favor entrar em contato via e-mail:

grupoparavisita@gmail.com