Dom Donato Ogliari é o novo abade ordinário da Abadia Territorial de Monte Cassino

  7952Dom Donato Ogliari é o novo abade ordinário da Abadia Territorial de Monte Cassino. Nomeado dia 23 de Outubro pelo Papa, o beneditino – até agora abade do Mosteiro de Santa Maria della Scala em Noci, na província de Bari, Itália, – toma o lugar de Don Pietro Vittorelli, que renunciou em junho de 2013.

  A nomeação veio com um comunicado da Sala de Imprensa vaticana, onde é explicado que o Papa “tem aplicado simultaneamente à Abadia Territorial de Monte Cassino o Motu Proprio Catholica Ecclesia, com a consequente redução do território desta, em particular dispondo que: à nova configuração territorial da jurisdição eclesiástica ‘Abadia territorial de Monte Cassino’ pertença o território onde surgem a Igreja da Abadia e o Mosteiro, com os seus pertences imediatos”.

  À diocese de Sora-Aquino-Pontecorvo, por outro lado, passam as 53 paróquias com os fiéis, o clero secular e religioso, as comunidades religiosas, os seminaristas. E o seu nome muda para Sora-Cassino-Aquino-Pontecorvo.

  A decisão do Papa é “uma decisão importante”, disse o padre Federico Lombardi aos jornalistas. Acima de tudo, “não é uma decisão que “cai do céu”, mas a implantação de uma linha proveniente do Concílio”

  “A Igreja – explica o porta-voz do Vaticano – sempre teve uma preocupação especial com a vida monástica e, por isso, o Concílio Vaticano II destacou a necessidade de reforçar o papel do Abade como pai da comunidade religiosa, cujo ministério é dedicar a própria vida ao Mosteiro, sem se preocupar com as atividades próprias dos Ordinários de circunscrições eclesiásticas, que devem realizar o seu ministério com total disponibilidade para o bem dos fiéis confiados aos seus cuidados pastorais”.

  Abbazia di San Benedetto ,montecassinoCom o Motu Proprio Catholica Ecclesia de 1976, Paulo VI tinha recolhido o critério estabelecido pelos Padres conciliares, estabelecendo que as Abadias territoriais não fossem mais erigidas no futuro e que aquelas existentes “ou fossem mais corretamente definidas como território ou fossem transformadas em outras circunscrições eclesiásticas”.

  Com essa disposição – destaca o Pe. Lombardi – “tinha-se o desejo de favorecer por um lado uma mais específica identidade e um quadro jurídico mais adequado à vida monástica, e, por outro, assegurar aos fieis que moram nos territórios das abadias um cuidado pastoral mais de acordo com as dinâmicas e às exigências do mundo de hoje”.

  Portanto, para promover tal perspectiva, de acordo com os Acordos concordatários com o Estado italiano, bem como respeitando o grande patrimônio histórico e cultural representado pelas abadias territoriais, “ficou disposto que na Itália não se procedesse à abolição da instituição das abadias territoriais, mas se limitasse a restringi-las ao menor território necessário, ou seja, às áreas de interesse imediato para a comunidade monástica”.

Portanto, “depois de cuidadosa reflexão e consulta”, diz Lombardi, a Santa Sé considerou tempo “maduros” os tempos para poder atuar, também para a Abadia Territorial de Monte Cassino, o Motu Proprio de Montini; que, por sinal, já foi aplicado em 2002 para a abadia de Subiaco, em 2005 para a Abadia de Montevergine e em 2013 para a Abadia de Cava de ‘Tirreni.

A Abadia de Monte Cassino, diz o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, “permanece uma circunscrição eclesiástica equiparada à dioceses, embora com território muito bastante redimensionado”. Depois dessas decisões, a diocese de Sora-Cassino-Aquino-Pontecorvo passa de uma área de 1.426 quilômetros quadrados a 2016; de uma população de 155 mil a 235 mil habitantes; de 40 prefeituras a 60; de 91 a 144 paróquias; de 83 sacerdotes diocesanos a 120; de 131 a 181 religiosos.

Além disso, o padre Lombardi disse que, em Monte Cassino, a partir de sábado de manhã terá início às celebrações do 50 º ano da proclamação de São Bento como Primeiro Padroeiro da Europa. O evento contará com a presença do Cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin, que, domingo, 25 de outubro, vai presidir, às 16h, as Vésperas votivas.

Fonte: Site Zenit

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.